terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Eu em 16 takes.

1. Gosto muito de escrever.
2. Estou completamente rendida aos encantos de Alcochete.
3. Tenho os melhores filhos e a melhor família do mundo.
4. Antes de viver em Alcochete, vivia numa vila que, apesar de feia , não consigo deixar de gostar: o Forte da Casa (concelho de Vila Franca de Xira).
5. Sou completamente fanática por Anjos (não sendo católica), seja o que for: velas, pratos, peças em gesso, molduras....
6. Sou doente pelo Benfica.
7. Sou licenciada em Psicologia Social e tirei uma pós-graduação em Relações do Trabalho e não gostava de ficar por aqui...
8. A primeira coisa que faço quando me levanto é beber um copo de água.
9. Faço dieta (umas vezes de forma séria e outras nem tanto), desde sempre!
10. Não saio de casa sem óculos de sol: esteja ou não sol!
11. Nasci em Angola e gostava de lá voltar com a minha mãe e manos: uma viagem a quatro.
12. Gostava de ir a Cuba antes do Fidel morrer.
13. Se pudesse trocar com o meu irmão, era eu a diabética e não ele!
14. O maior desgosto da minha vida foi ficar sem o meu pai.
15. Joguei andebol em miúda e, por isso mesmo, sou fanática por exercício fisico.
16. O meu calçado tem de ser sempre da mesma cor que a mala.

(Em resposta a um desafio que me deixaram. O que está escrito não tem qualquer ordem, fui escrevendo à medida que me lembrava das coisas, e estas não têm qualquer relação umas com as outras).

6 comentários:

maria qualquer coisa disse...

Fiquei a pensar na ultima... lol

beijos

Aninhas disse...

;))

Luis disse...

pensava que era os anjos os cantores, quanto a cuba é melhor despachares-te.

dangerously in love disse...

Gostei!:D
Angola? Olha que giro!

Maria disse...

Grande mana que tu és...:) Mas, tal vomo já te disse a diabetes não é o fim do mundo..( e olha que eu convivo com ela já há 5 anos.. Ele é insulinodependente..?!
um beijinho.

Sandra disse...

:))

ai o que ri com o comentário do Luis...

Paula, gostei de te conhecer um pouco mais ;-)

Angola, também eu ando a sonhar com ela, embora não seja de lá. É o meu marido. Ele voltou lá no ano passado, veio fascinado... quer regressar :))

Beijos