quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Ficar sem palavras.

É ter o Tomás a chorar ao telefone a dizer que tem muitas saudades minhas e que "já não aguenta mais".

É ouvir o Salvador, logo que entra cá em casa, a perguntar: "Porquê que os pais se separaram? Era mais giro se estivessem juntos. Assim estavamos sempre juntos."

(A esta hora estão os dois a dormir ali na minha caminha e eu já estive a olhar para eles durante não sei quanto tempo, amanhã voltam para o papá...)

E eu estou sem palavras.

3 comentários:

coquinhas disse...

fogo :(
tnho o coração apertadinho..
bjo grande

Aninhas disse...

Infelizmente compreendo-te tão bem!!!
A Inês pergunta-me isso tantas vezes.Mas é assim, a vida tem que ser assim.
Doi tanto!
1 bjo grande.

MC disse...

É complicado tentar explicar o que, por vezes, nem nós (adultos) entendemos muito bem...